quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Ninguém se compromete pelo medo!!!

Às vezes, os gestores têm muita dificuldade em comprometer os membros de uma equipe em relação às atividades, prazos e responsabilidades. Vendo muitos não seguindo o seu ritmo ou mesmo não realizando as atividades conforme desejássemos.
Então, muitos gestores partem para a técnica de “terrorismo” ou práticas “maquiavélicas” para tentar fazer sua equipe gerar resultados na base do terror, com ameaças e punições. Em curto prazo esta prática gera alguns resultados, porém a equipe se desmotiva e principalmente se vira contra o gestor com o tempo e em longo prazo os resultados começam a decair drasticamente. Esta prática ocorre em muitas empresas que cobram do próprio gestor pulso firme para punir as pessoas que não sigam procedimentos ou normas internas. Seria imaginar que um cavalo corresse por muito tempo só por que está sofrendo chicotadas, mas uma hora o cavalo vai desfalecer.
Ao contrário deste pensamento, colocar uma cenoura na frente do cavalo haverá muito mais corrida por mais tempo, pois existe motivação para isto. Assim funciona com a equipe, ao invés de punir, saiba promover os incentivos necessários para que os mesmos se envolvam nas atividades e assumam responsabilidades.
Conseguir o comprometimento de uma equipe é conseguir que os mesmos sintam responsáveis pelos resultados, mas para isto, o gestor deve promover a clima para este envolvimento e motivação.

Um comentário:

timanager disse...

Parabéns pelo blog Jefferson,
A partir de hoje estarei sempre visitando para ler seus artigos.

É uma pena que ainda hoje muitos profissionais não perceberam isso. Que a chave para o sucesso em um projeto é TAMBÉM a motivação de sua equipe.

Mas na sua opinião, qual seria o motivo desta atitude dos gerentes perante sua equipe (não generalizando). Falta de preparo para assumir um papel de gestão? Apenas não saber lidar com pessoas? Ou pressão de seus superiores?

Mal sabem que mais atrapalham do que ajudam né?!

Abraços e Parabéns pelo blog.